MORADOR DE RUA COME OSSO PARA MATAR A FOME

16/02/2011 00:12

Cabelo e barba grande, descalço, corpo sujo, falando baixinho, vestindo camiseta azul e short marrom, este homem (foto) chamava a atenção de quem passava pelo "Beco do Urubu", na Rua Agenor de Freitas, em Serrinha.

Na tentativa desesperada de matar a fome, ele come o que restou de uma costela bovina (fresca e crua). "Minha barriga está doendo de fome!”, afirmou ao ser questionado por que estava comendo aquilo.

O homem que não sabe o próprio nome nem a idade faz parte do grupo de pessoas que disputam diariamente restos de comida com cães, ratos e urubus. De acordo com dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais da metade da população do Estado da Bahia – o equivalente a sete milhões de pessoas – sofre algum tipo de insegurança alimentar e desses, pelo menos 33% não chegam a fazer nenhuma refeição ao longo do dia.
Isto tudo aconteceu ao lado de um grande supermercado da cidade.

Fonte: Blog do Clériston Silva 

 


www.teomaria.com