FESTA DE IEMANJÁ.

03/02/2011 01:19

Por pouco Iemanjá não ficou sem o presente preparado pela Colônia de Pesca do Rio Vermelho para as celebrações deste 2 de Fevereiro. O presente, encomendado ao artista paulista Alexandre Fadini, foi danificado e não chegou na hora - o presente oficial é colocado no Barracão já durante a alvorada.

Os pescadores aguardaram até por volta das 15h por uma nova escultura, mas segundo o presidente da associação dos pescadores, Marcos Santos, o artista plástico ficou protelando a entrega. Segundo Santos, os pescadores foram enganados.

Uma imagem de Iemanjá da própria Colônia acabou sendo improvisada em uma oferenda feita por um terreiro de candomblé para ser entregue ao mar, já no final da tarde, substituindo o presente oficial. Os demais presentes já eram levados para o mar por embarcações desde a manhã, por fiéis que lotaram o bairro para homenagear a Rainha das Águas.

Este ano, a campanha dos moradores é para que as pessoas não joguem no mar perfumes ou outros presentes que não sejam biodegradáveis, para evitar a poluição do oceano.

 

 

 

 

 


www.teomaria.com