Baleado após reagir a assalto na noite desta quarta-feira no bairro de Perdizes, zona oeste de São Paulo, o ex-árbitro e comentarista esportivo Oscar Roberto Godói passa por uma cirurgia na madrugada desta quinta.

Godói foi alvejado com duas balas, uma no pulmão e outra na parte esquerda do pescoço. O quadro está controlado, mas ele será submetido a uma angiotomografia na região do pescoço para verificar se alguma lesão mais grave ocorreu ali.

"A cirurgia não tem previsão de tempo. Mas deve ser demorada pela delicadeza da região. Porém, de um quadro gravíssimo, passou a ser um quadro grave, mas controlado. Sinto que o Godói vai sair dessa", disse Marco Aurélio Cunha, médico, ex-dirigente do São Paulo e vereador da capital paulista. Godói não corre risco de sofrer nenhuma lesão cervical. 

O ex-árbitro foi abordado por um ou dois homens em uma motocicleta - ainda não existe uma versão oficial - enquanto se encaminhava para a casa de um amigo na Rua Diana, em Perdizes. Godói reagiu ao assalto e chegou a se atracar com o bandido antes de ser baleado.