CORPO DE MULHER MORTA POR BALA PERDIDA É SEPULTADO.

20/03/2011 00:34

 O corpo de Cláudia Sacramento da Cruz, de 32 anos, morta após ser atingida por uma bala perdida na noite de sexta no Engenho Velho da Federação, foi enterrado no final da tarde deste sábado (19) no cemitério Campo Santo, em meio a muita revolta.

 

Cláudia estava indo comprar pão com o filho na região da Baixa da Égua quando foi atingida no tórax por uma bala perdida - segundo a 7ª Delegacia, responsável pela investigação, grupos rivais de traficantes trocavam tiro no local. Levado ao Hospital Geral do Estado (HGE), ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

Familiares e amigos saíram em uma caminhada de protesto após o enterro e estão na avenida Cardeal da Silva, pedindo mais segurança e justiça. A comunidade se queixa da falta da presença da polícia no local. Ninguém foi preso pelo crime.


www.teomaria.com